Pesquisa
sexta-feira 22 Fevereiro 2019
  • :
  • :

FJM realiza curso conjunto para segmentos socialistas em Brasília

Foi aberto na manhã de hoje, 2/2, no Centro de Convenções Israel Pinheiro, em Brasília, o Curso de formação dos segmentos partidários do Partido Socialista Brasileiro(PSB), que é realizado pela Fundação João Mangabeira (FJM) e coordenado pelo professor Adriano Sandri.

Lideraças de segmentos e Fábio Maia(terceiro da esquerda pra direita) durante a abertura

O evento segue até segunda-feira, 4/2. O PSB possui seis segmentos organizados – Secretaria Nacional de Mulheres(SNM), LGBT Socialista, Secretaria Nacional da Juventude(SNJ), Sindicalismo Socialista Brasileiro(SSB), Secretaria Nacional da Negritude(SNN) e Movimento Popular Socialista(MPS). Para Fábio Maia, diretor da Fundação João Mangabeira, que neste evento representou o ex-governador da Paraíba Ricardo Coutinho, presidente da FJM, ” este Curso de Formação Política será um agente catalisador das ideias e debates aqui produzidos com o Partido em todo País”.

Evento segue até a próxima segunda-feira,4.

A Fundação João Mangabeira possui um vasto catálogo de publicações voltadas para a formação dos segmentos partidários. Para o presidente Ricardo Coutinho, “os segmentos do PSB são resultado do respeito a pluralidade de ideias que é inerente à democracia. No momento que vivemos no Brasil, de ataques contra a diversidade e o estado democrático, um evento como esse ganha ainda mais importância,” afirmou o Coutinho.

Diretor da FJM Fábio Maia e presidente do PSB, Carlos Siqueira, durante a abertura.

Durante o evento, o presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, avaliou a conjuntura política nacional, mostrou que nas últimas eleições proporcionais o PSB aumentou sua bancada de deputados federais e falou que a nova bancada socialista está mais coesa que a anterior. Siqueira disse que aqueles que se contrapuseram à eleição de Bolsonaro precisam ser mobilizados e os segmentos partidários têm papel fundamental nesse processo. “Nós não mudamos apenas o governo, o que está acontecendo hoje no Brasil é a mudança de um regime democrático para um regime autoritário”, afirmou Siqueira.

Acilino Ribeiro – Lembrou Miguel Arraes e Francisco Julião

Para Acilino Ribeiro, secretário do Movimento Popular Socialista, “esse evento é o resgate de uma luta que se iniciou com nossos melhores quadros com Miguel Arraes, Francisco Julião e Eduardo Campos e se consolida com uma militância como a do MPS que se constrói nas ruas e nas redes”

Tony Sechi considera fundamental o debate de estratégias conjuntas para que os segmentos avancem.

O Secretário de Juventude do PSB, Tony Sechi acredita que “debater as estratégias de atuação dos segmentos sociais do PSB se faz primordial para atualizarmos nossa forma de disputar a sociedade, para que tenhamos mais efetividade nessa disputa de qual país queremos”.

Valneide Nascimento ressaltou o apoio que a FJM dá para o segmento da negritude.

Valneide Nascimento, da Negritude Socialista Brasileira, agradece a iniciativa da FJM e espera que o curso proporcione uma abordagem didática de temas importantes para o movimento negro. Segundo ela, “a FJM investe em publicacões que mostram a história do povo negro no Brasil e no Mundo, é um trabalho importante contra o preconceito dos negros e negras ao redor do País”.

Tathiane de Araújo lembrou que o Brasil vive um momento de retrocesso.

A secretária do movimento LGBT, Tathiane Aquino de Araújo, afirma que “a formação política para as executivas dos segmentos do nosso partido é necessária para alinhar-mos as nossas lutas e bandeiras, principalmente nesse momento de conservadorismo e retrocesso que o nosso país vive”.

Joilson Cardoso- “Sairemos unidos e fortalecidos”.

Joílson Cardoso, do Sindicalismo Socialista Brasileiro, está preocupado neste momento com a defesa dos direitos sociais, e o combate à dominação da direita e da discriminação, entre outros. “Estamos em Brasília nestes 3 dias debatendo a conjuntura e principalmente formando nossa estratégia de luta em defesa do Brasil. Sairemos unidos e fortalecidos”.

Dora Pires ressaltou a importancia de uma construção conjunta entre os segmentos.

Dora Pires, Secretária Nacional de Mulheres, avalia que trata-se de curso de grande importância para o PSB e sobretudo, para seus segmentos organizados. “É um novo momento de construção conjunta, que afirma e fortalece as lutas individuais de cada segmento. Transversalizar nossas pautas e fincá-las no seio do PSB, como princípio, nos faz forte e do PSB, um partido mais forte também.”

Ex-senador João Capiberibe – ” Precisamos nos organizar desde já para as próximas eleicões”

O ex-senador João Capiberibe, falou sobre o projeto de lei de sua autoria, da Gestão Compartilhada, que permite aos cidadãos participar diretamente da execução do orçamento público. Ele ressaltou também que é preciso mobilização e preparação para a eleição municipal “para fazer uma base de vereadores e prefeitos comprometidos com os projetos do partido”.

Compartilhe!



Acessibilidade