Pesquisa
quinta-feira 13 dezembro 2018
  • :
  • :

FJM abre exposição que celebra 110 anos de imigração Japonesa para o Brasil

Aconteceu na manhã desta terça-feira, 5, no Espaço Mário Covas, Anexo II, da Câmara dos Deputados, a abertura da exposição Hiroshima e Nagasaki – Do Fim ao Renascimento, uma travessia de Perdão e Cultura de Paz. Realizada pela Fundação João Mangabeira (FJM), a exposição, comemorativa de 110 anos da imigração Japonesa para o Brasil, conta com vídeos enviados do Japão,  imagens fotográficas e réplicas miniaturizadas do período.

Durante seu pronunciamento, o presidente da FJM, Renato Casagrande parabenizou iniciativa da deputada Keiko Ota(PSB/SP), presidente do Grupo Parlamentar Brasil Japão e enfatizou que “chama atenção a capacidade de renascer e a humildade de perdoar do povo japonês. O perdão talvez seja o principal sentimento e qualidade do ser humano e na hora que você é agredido e perdoa, você dá uma demonstração enorme de grandeza”.

Para a deputada Keiko Ota “com a cultura do perdão e da paz, o Japão transpôs a maior das dificuldades: uma bomba atômica, o que mostra que é possível transpor inúmeras barreiras, principalmente as sociais, políticas e econômicas”.

Entre as autoridades presentes estavam o Embaixador do Japão, Akira Yamada e o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia(DEM-RJ).

A curadora da exposição e gerente executiva da FJM, Márcia Rollemberg, responsável pela pesquisa, conta que logo após a eclosão da bomba aconteceu um grande tufão, que embora parecesse destruir mais,  acabou sendo um milagre porque limpou a poeira atômica e possibilitou a reconstrução mais rápida da sociedade japonesa, “ todo esse processo é um grande ensinamento”.

A exposição enaltece a cultura do perdão e da paz que floresceu no Japão após o ataque atômico que dizimou a região. Dentro de uma das únicas estruturas que sobreviveram ao ataque foi criado o Hiroshima Peace Memorial Museum, cujas estruturas estão reproduzidas em miniatura na exposição. O museu foi parceiro da Fundação nesta realização.

Compartilhe!



Acessibilidade