Pesquisa
quarta-feira 13 novembro 2019
  • :
  • :

Com participação da FJM, OD realiza 2a oficina temática em Brasília

O povo precisa de serviço público para ter qualidade de vida

Aconteceu nesta quinta-feira, 29, na sede da Fundação da Ordem Social, em Brasília, a Oficina Estado e Serviços Públicos organizada pelo Observatório da Democracia(OD). Durante o evento, que durou um dia inteiro, foram discutidos temas referentes aos serviços públicos em diversas áreas no Brasil como bem-estar social, saúde, segurança, meio ambiente e saneamento.

Alexandre Navarro, vice-presidente da Fundação João Mangabeira, que faz parte do OD, ressaltou que trata-se da segunda oficina realizada pelo OD em Brasília, a primeira foi sobre as empresas estatais e sua capacidade de influenciar no domínio econômico, assim como no enfrentamento à desigualdade que o Brasil tem.

Para o Secretário Executivo de Assistência Social na Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude de Pernambuco, Joelson Silva é preciso valorizar o conhecimento

Nesta segunda discutiu-se a necessidade de que qualquer sociedade, inclusive o Brasil, depende da existência de um serviço público preparado “que entregue saúde, educação, infraestrutura, serviços dignos de um país onde todas as pessoas contribuem com R$ 4, de cada R$ 10 que ganham para pagar impostos. Essa oficina é muito importante para ver como o serviço público opera nas mais diversas áreas porque a população mais pobre do País, desempregada em larga escala, necessita do serviço público para ter qualidade de vida.”

Para um dos palestrantes, o Secretário Executivo de Assistência Social na Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude de Pernambuco, Joelson Silva, “foram várias experiências colocadas, várias reflexões, de vários atores do Brasil todo, que falaram e refletiram sobre o que está acontecendo no Brasil. Isso fortalece o entendimento das fundações que organizaram esse debate para a gente construir junto estratégias, que têm que ser primeiro através do conhecimento, para depois definir como intervir, seja no Congresso Nacional, seja no Executivo, os partidos têm que estar na frente desse processo.”

A 2a oficina temática do OD aconteceu em Brasília na sede da Fundação da Ordem Social

O Observatório da Democracia é formado por 8 fundações partidárias:Cláudio Campos (PPL),Lauro Campos e Marielle Franco (PSOL), João Mangabeira (PSB),Leonel Brizola – Alberto Pasqualini (PDT),Maurício Grabois (PCdoB), da Ordem Social (PROS),Perseu Abramo (PT) e Dinarco Reis(PCB).

Acesse o portal www.observatoriodademocracia.org.br para saber mais sobre o projeto.

Você pode acessar os textos referentes às palestras no link a seguir:
https://observatoriodademocracia.org.br/wp-content/uploads/2019/01/VERSAONOVAtextosoficina29_081.pdf

Compartilhe!



Acessibilidade